A diferença entre o marketing orgânico e o marketing pago

Marketing Organico Marketing Pago

O marketing digital é a vitrine que mostra ao mundo sua marca; Para isso, há marketing orgânico e marketing pago, ou seja, duas maneiras de vender seus produtos e serviços.

É realmente muito importante aprender a se familiarizar com essas duas estratégias de marketing e, assim, tirar o máximo proveito delas que são importantes para o seu negócio. Ambos oferecem vantagens, mas funcionam de forma distinta – tanto na parte estratégica quanto na parte de distribuição de conteúdo e captação de novos clientes.

Hoje, aprenderemos mais sobre o que são cada uma dessas estratégias e como elas funcionam, suas diferenças e como usá-las para o benefício e crescimento de sua marca, aumentando o interesse de mais e mais pessoas por seus produtos e serviços.

Lembre-se de que é necessário comprometimento e muito trabalho para posicionar sua marca nos principais locais dos mecanismos de pesquisa (SEO).

Uma das maneiras mais eficazes de se fazer marketing digital hoje em dia é através do Smartphone. Segundo a Cyberclic, 68% das empresas incorporaram o marketing móvel em sua estratégia de marketing global.

Mas o que é o marketing orgânico e o marketing pago?

Marketing Orgânico:

O marketing orgânico é um conjunto de estratégias metodológicas que facilitam as conversões, o tráfego e o crescimento da sua marca de maneira natural, oferecendo conteúdo original e abrindo um canal de comunicação com os usuários, para atender às suas necessidades e onde poderão aceder espontaneamente, constituindo a rede que levará à marca a aumentar as vendas de produtos e serviços.

O marketing orgânico exige um grande investimento de tempo, comprometimento e dinheiro na contratação de especialistas sobre o assunto. No entanto, você não paga por publicidade em diferentes mecanismos de pesquisa. Um exemplo disso são: vídeos no YouTube, artigos no seu blog e redes sociais …

85% dos cliques resultantes de uma pesquisa estão em links orgânicos, de acordo com as estatísticas de SEO e SEM do Cyberclic.

Marketing pago ou anúncios pagos:

É a publicidade que é feita de certos meios, como: anúncios em redes sociais como Facebook Ads, Instagram Ads, Twitter Ads, LinkedIn Ads e, claro, Google Ads que é segmentado mais comumente em Search Ads (AdWords) e Display Ads (Google Display Network) – também conhecidos como PPC (Pay-per-click). Esse tipo de publicidade paga é selecionada pelas marcas para atingir objetivos de maneira eficaz (com base em conversões, visualizações, e métricas – KPIs, definidas pela campanha).

O marketing pago é uma estratégia orientada por meio de segmentação e publicidade para captar rapidamente o interesse do público realmente interessado nos produtos e serviços da sua marca, obtendo maior número de conversões em menos tempo.

É importante sinalar que na publicidade paga você tem controle sobre o investimento, porque possui as ferramentas para medir o progresso e as realizações, como segmentação, dados analíticos e tempo por metas e duração das campanhas para alterar, ampliar, redirecionar e otimizar as campanhas, se necessário.

O marketing digital pago (PPC) é uma maneira rápida, mensurável e eficaz de conversão – quando executado corretamente.

Diferença entre marketing orgânico e marketing pago

O marketing orgânico baseia-se no poder da qualidade do seu conteúdo, e por meio da relevância deste atrair visitantes que estão buscando sua marca, assim não serão “sobrecarregados” ou “invadidos”, mas sim atraídos.

Nesse tipo de marketing, o posicionamento ocorre a médio e longo prazo, gerando resultados também a longo prazo e requer esforço para atingir as metas desejadas, bem como atualizações constantes de conteúdo de acordo com o engajamento e conversão das estratégias empregadas ao longo da campanha.

Por outro lado, no marketing pago, como o nome indica, a publicidade é paga e, por meio de anúncios constantes distribuídos exatamente para a sua audiência-alvo, acelera a exposição da sua marca; O posicionamento é imediato e otimizado de acordo com as suas meta, ou seja: se sua meta é conversão (novos clientes), você pode otimizar seus anúncios para vender algo no seu site ou direcionar pessoas à sua loja; se sua meta é conscientização (awareness) de uma marca recentemente lançada, ou um novo produto, você pode maximizar o número de visualizações por pessoa, e também regular a quantidade de vezes que aquela pessoa vê seu anúncio.

Existem uma frase em inglês que diz “Conteúdo é rei (Content is king), e a distribuição dele é a rainha”, querendo dizer que conteúdo otimizado e de qualidade é crucial para qualquer negócio para interajir e transparecer a mensagem da sua marca e a proposta do seu serviço e/ou produto, porém sem a distribuição apropriada, esse conteúdo jamais chega à sua audiência-alvo, e logo, é como se nem existisse.

Por isso o marketing pago e o marketing orgânico são complementares. A era das páginas oficiais do Facebook de empresas onde essas apenas postavam diariamente e interagiam com a sua audiência acabou (veja o gráfico abaixo). Facebook, Instagram, e outros canais de mídias sociais são, de fato, plataformas de publicidade, e por tanto querem ser pagas para distribuir conteúdo comercial (convenhamos, não vamos ao Facebook para comprar algo, e sim interagir com nossos amigos, família, e outros).

Postar Organicamente Não Tem Valor Algum, Porém Sim Nos Mostra Que Apenas Produzir Conteúdo De Qualidade Não É O Suficiente.

Fonte: Neil Pattel

O gráfico acima mostra isso. Isso não quer dizer que postar organicamente não tem valor algum, porém sim nos mostra que apenas produzir conteúdo de qualidade não é o suficiente.

No fim, recomenda-se testar vários canais e medir o progresso e as realizações.

Resumidamente, o marketing orgânico em mídias sociais já não desempenha da mesma maneira que o fazia anos atrás, mas o marketing orgâncio de conteúdo para meios de busca e pesquisa estão cada vez mais surtindo efeito e trazendo um gigantesco retorno sobre o investimento de quem o faz bem.

Atualmente, com o boom que trouxe o uso das redes sociais, houve também a promoção, publicidade ou marketing pago que otimiza e acelera o alcance dos resultados esperados – e sabendo quanto custa uma impressão, um clique, uma conversão com certeza ajuda campanhas de marketing de resultado e performance a projetar e certificar que a campanha tem verdadeiro potencial de trazer retorno.